Utilização de Sensoriamento Remoto para cálculo de Uso e Ocupação no Córrego do Grotão, Capitólio – Minas Gerais
PDF

Como Citar

Soares da SilvaG., Luiz Teixeira de CamargoP., & da Silva AlvesF. (2023). Utilização de Sensoriamento Remoto para cálculo de Uso e Ocupação no Córrego do Grotão, Capitólio – Minas Gerais. Revista De Ciência E Inovação, 9(1), 1-17. https://doi.org/10.26669/2448-4091.2023.347

Resumo

O vínculo do homem com meio ambiente se entrelaça ao longo de todo seu processo evolutivo. Diante disso, buscou-se, através dessa investigação científica, realizar uma análise de apontamento do Uso e Ocupação do Solo de uma microbiota referente a uma sub-bacia do Lago de Furnas, pertencente à bacia do rio Grande/Paraná. Assim, o trabalho aqui apresentado propôs-se a elaborar um estudo de Sensoriamento Remoto, por meio de uma caracterização morfométrica, com elaboração cartográfica de mapas georreferenciados da área em questão. O local de estudo, situado no município de Capitólio, Sudoeste do Estado de Minas Gerais, possui como denominação Córrego do Grotão. Um fator observado foi o índice de mau uso e ocupação do solo, motivado em especial pelo intermédio de ações antrópicas voltadas para a exploração dos recursos naturais acerca das práticas de cultura agrícola e pecuária (em geral bovina). Entre outras prerrogativas, o local de estudo possui valor ímpar devido à sua localização geográfica, o que coloca a região como um dos polos do turismo ecológico, não à toa, pertencente à Unidade de Conservação do Parque Nacional da Serra da Canastra.

 

https://doi.org/10.26669/2448-4091.2023.347
PDF
Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2023 Gabriel Soares da Silva, Pedro Luiz Teixeira de Camargo, Felipe da Silva Alves

Downloads

Não há dados estatísticos.