Organoblocos: Jogo Didático Inovador para o Aprendizado da Química Orgânica

Resumo

Os jogos didáticos são ferramentas que auxiliam a construção, ampliação e consolidação de conhecimentos, ao explorar conceitos e definições, variando desde alternativas tradicionais, até outras com caráter lúdico. ORGANOBLOCOS consiste num jogo didático inovador, que pode ser utilizado como uma ferramenta de apoio em sala de aula, para o ensino e aprendizagem da química orgânica, estimulando a interação e solidariedade entre os estudantes. As peças são produzidas a partir de resíduos de MDF, (Medium-Density Fiberboard), provenientes do Laboratório de Móveis do IFFar- Câmpus Santa Rosa, com gravações em relevo, o que possibilita a leitura de pessoas com deficiência visual. O jogo é composto de 40 peças de MDF, formado pelos elementos carbono (C), hidrogênio (H), oxigênio (O) e nitrogênio, com suas respectivas possibilidades de ligações saturadas ou insaturadas. As regras do jogo estão impressas em cartões desafios, que trazem informações e aplicações práticas dos compostos orgânicos a serem representados com os organoblocos. Os cartões desafio são também impressos no sistema Braille. Baseado em princípios como reutilização, redução de resíduos e inclusão social, o Organoblocos é um jogo didático que corresponde ao preceito de igualdade no quesito ensino escolar visto que integra todos os alunos em uma atividade educadora de forma prática e interativa.
PDF

Referências

DARON, Érika. O Lúdico como Estratégia de Motivação e Aprendizagem de Química Orgânica no Ensino Médio. 2012. 17 f. Trabalho de Conclusão de Curso, no Curso de Pós-graduação de Metodologia do Ensino de Biologia Química da Faculdade Internacional de Curitiba. FACINTER, 9-2012, Cuiabá, MT, 2012.

FREIRE, Ana Maria Araújo. A pedagogia da libertação em Paulo Freire. São Paulo: Unesp, 2001, 330p.

PUFENDORF, Samuel. Os deveres do homem e do Cidadão de acordo com as Leis do Direito Natural. São Paulo, 2011.

SOARES, M. H. F. B.; OKUMURA, F.; CAVALHEIRO, T. G. Proposta de um jogo didático para ensino do conceito de equilíbrio químico. Química Nova na Escola, n. 18, p. 13-17, 2003.

VYGOTSKY, L.S. A formação social da mente. São Paulo: Martins Fontes, 1989.